MENSAGEM

Senhores Vereadores,

A senhora Normy Caetana Bueno nasceu em Anicuns, interior de Goiás, no dia 28 de maio de 1956. De família simples, lar amoroso, pais lavradores, foi a segunda filha de Seu Sebastião Caetano e Dona Conceição Teles. A boa filha, jovem e formosa, casou-se na pequena Sanclerlândia – Goiás em 27 de julho de 1974 com Sebastião Martins Bueno, lavrador e cabeleireiro. Tinha alma e coração de educadora. Disse sim à sua vocação e iniciou sua carreira no magistério no ano de 1974 em São Luís dos Montes Belos e em 1975 lecionou em Mocâmebedes, ambas no Estado de Goiás. Mudou-se de cidade e Estado, e em 1976, passou a residir e trabalhar em Xinguara-Pará, município de Conceição do Araguaia até sua emancipação político-administrativa em 1982.

Do seu matrimônio com Sebastião, Tiãozinho, companheiro de toda sua vida, teve três filhos. O mais velho, Luciano Teles Bueno, nasceu em 29 de novembro de 1977. Casado, tornou-se pai de dois meninos. Luciano seguiu a profissão da mãe. O querido e respeitado professor de Física dedicou à mãe o título de Mestre em Matemática. O segundo filho do casal, Weter Teles Bueno, veio ao mundo em 19 de outubro de 1979. Teve uma vida breve, vindo a falecer com apenas dez meses. Seu filho caçula nasceu em 17 de abril de 1982, recebeu o nome de Ones Teles Bueno. Esforçado, tomou gosto pelo trabalho desde cedo, Gerente Comercial, vencedor na vida como o irmão, também tem dois filhos, educados com os valores aprendidos com sua mãe.

Com valores venturosos e conduta irrepreensível, a professora Normy atuou no Magistério por trinta e oito anos. Aposentou-se em 2012, mas continuou servindo com alegria aos colegas, amigos e familiares, de modo que todos quantos se achegassem a ela sentiam-se confortados e tomados por um afeto muito particular. Professora, vocacionada, esposa devotada, mãe de dois filhos adultos. Avó de quatro netos. Simples, sorridente, católica generosa, irmã de oito, mestre de muitos, amiga de tantos, alegre que só.

De maneira inesperada, a doce Normy retirou-se fisicamente do convívio dos seus numa data muito singular. Findava o dia, o Sol se recolhia, era sexta-feira da Paixão. Cercada pelo carinho que cultivou, pela bondade que semeou nessa Terra, conduzida pelo chamado sublime, Normy passou desta vida para a eternidade, voltou para a casa em 14 de abril de 2017. Tinha, então, 61 anos de vida, exemplar. Quisera outros assim viver, tão simples e tão plenamente. Seu legado? O amor, o bem, a partilha… Porque no fim permanece o bem que fez.

Em razão desta bela história de vida, pela dedicação, pelo comprometimento e em virtude da brilhante contribuição dada à educação no município de Xinguara pela Professora Normy Caetana Bueno é que apresento o presente projeto de lei para a apreciação dos nobres colegas vereadores.

ÉBIA REGINA MENDANHA DA COSTA

Vereadora Proponente

PROJETO DE LEI N.º 13/2017 DE 23 DE JUNHO DE 2017.

DENOMINA A UNIDADE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL LOCALIZADA NA AVENIDA ORLANDO LUIZ MURARO ESQUINA COM A RUA OSWALDO CRUZ, NO SETOR MARAJOARA II, COMO UMEI – UNIDADE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL CRECHE PROFESSORA NORMY CAETANA BUENO”.

O Município de Xinguara, através dos seus representantes na Câmara Municipal aprova e o Prefeito Municipal de Xinguara sanciona a seguinte Lei de autoria da vereadora Ébia Regina Mendanha da Costa:

Art. 1o Fica denominada a unidade municipal de educação infantil localizada na Avenida Orlando Luiz Muraro esquina com a Rua Oswaldo Cruz, no Setor Marajoara II, como UMEI – Unidade Municipal de Educação Infantil Creche Professora Normy Caetana Bueno.

Art. 2o Esta Lei entra em vigor na data da sua publicação.

Gabinete do Prefeito Municipal de Xinguara, Estado do Pará, aos 23 dias do mês de junho de 2017.

OSVALDO DE OLIVEIRA ASSUNÇÃO JUNIOR

Prefeito Municipal

Print Friendly, PDF & Email
Accessibility
X