LEI Nº 052 – DE 26 DE OUTUBRO DE 1984.

 

 

ESTIMA A RECEITA E FIXA A DESPESA DO MUNICÍPIO DE XINGUARA, ESTADO DO PARÁ, PARA O EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 1.985.

 

 

O Prefeito Municipal de Xinguara

Faço saber que, a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona a seguinte Lei:

 

Art. 1º – O orçamento programa do Município de Xinguara,  para o exercício financeiro de 1.9845, discriminados nos anexos desta Lei, estima e fixa a Despesa em Cr$ 5.525.474.000,00 (DOIS BILHÕES, QUINHENTOS E VINTE E CINCO MILHÕES, QUATROCENTOS E SETENTA E QUATRO MILHÕES DE CRUZEIROS).

Art. 27 A receita será realizada de acordo com a Legislação em vigor e das especificações em anexo obedecendo a seguinte classificação geral;

 

RECEITAS DO TESOURO                                                                   Cr$ 1000,00

1.1   RECEITA CORRENTE                                                                            1.436.450,00

Receita Tributária                                                                       150.000,00

Receita Industrial                                                                          60.000,00

Transferências Correntes                                                           1.220.450,00

Outras Receitas Correntes                                                                           6.000,00

 

1.2    RECEITAS DE CAPITAL                                                            1.090.024,00

 

Alienação de Bens                                                                                               40.000,00

Transferências de Capital                                                            1.050.024,00

TOTAL GERAL                                                                                 2.526.474,00

Art. 2º – A despesa será realizada de acordo com a discriminação estabelecida  nos anexos da presente Lei obedecendo aos seguintes desdobramentos.

 

1. PROGRAMAÇÃO A CONTA DE RECURSOS DO TESOURO               C$ 1.000,00

 

1.1  – DESPESAS POR FUNÇÕES

01 – Legislativo                                                                             159.000,00

03 – Administração  e Planejamento                                                500.000,00

04 – Agricultura                                                                                10.000,00

05 – Comunicação                                                                           20.000,00

08 – Educação e Cultura                                                                  851.000,00

10 – Habitação e Urbanismo                                                          350.000,00

11 – Indústria, Comércio e Serviços                                                           100.000,00

13 – Saúde e Saneamento                                                                40.000,00

15 – Assistência e Previdência                                                          45.000,00

16 – Transporte                                                                             450.000,00

 

TOTAL DA DESPESA POR FUNÇÕES                                                2.526.474,00

 

1.2– DESPESAS POR PODERES

 

PODER LEGISLATIVO                                                                        159.000 00

Câmara Municipal                                                                                159.000,00

 

PODER EXECUTIVO                                                                         2.367.474,00

Gabinete do Prefeito                                                                           110.000,00

Serviço de Administração                                                                    255.000,00

Serviço de Cadastro e Tributação                                                           50.000,00

Serviço de Tesouraria e Contabilidade                                                    50.000,00

Serviço de Educação e Cultura                                                            323.000,00

Serviço de Obras, Urbanismo e Terras Patrimoniais                             1.449.474,00

Serviço de Saúde e Assistência Social                                                   30.000,00

Agencia Distrital de São Geraldo                                                         100.000,00

 

TOTAL GERAL                                                                                 2.526.474,00                                         

 

 

Parágrafo Único  – As despesas das Autarquias e Fundações instituídas pelo Poder Municipal, realizadas com recursos próprios e transferências do Município, sarão discriminadas em seus Orçamentos próprios.

 

Art. 4º – Fica  o Poder Executivo autorizado a:

I – abrir Créditos suplementares até o limite de 40% (quarenta por cento) da Despesa fixada nesta Lei, indicando como fonte de recursos definidos pelo art. 43, da Lei Federal nº 4.320 de 17 de março de 1964.

II – Realizar,m durante o exercício financeiro, operações de crédito por antecipação da Receita até o limite de 25% (vinte e cinco por cento), fixado na legislação em contrário.

 

 

 

Art. 5º – A presente  Lei  entrará em vigor a partir de 1º de janeiro de 1985, revogando as disposições em contrário.

 

 

 

 

Gabinete do Prefeito Municipal de Xinguara.

ITAMAR RODRIGUES MENDONÇA

Prefeito Municipal

 

 

Autoriza o Poder Executivo a DOAR LOTES DE TERRA NO PERÍMETRO Urbano da sede Municipal.

 

O Prefeito Municipal de Xinguara, faz saber que a Câmara Municipal de Xinguara aprovou e ele sanciona a seguinte Lei:

 

 

Art. 1º – Fica o Poder Executivo autorizado a firmar  Convênio com a doar a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará – EMATER, uma área de terra no perímetro urbano da sede municipal  com as seguintes características:

Setor I – Quadra E-16 – lotes nº 01,02,03 e 04, medindo 24 metros de frente por 50 metros de fundos num total de 1.200 m² limitando-se pelo Norte com a Rua Serra Norte: Sul Rua Água Azul; leste e oeste  com quem de direito.

Art. 2º – A doação de trata esta Lei será de acordo com o que preceitua a Lei nº 22 de 10 de dezembro de 1983, em seus artigos  nº 3º,4º,5º,6.º e 7º.

 

Art. 3º – Esta Lei entrará em vigor  na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

 

 

Gabinete do Prefeito,  26 de outubro  de 1.984.

 

 

 

Itamar Rodrigues Mendonça

PREFEITO MUNICIPAL

 

Print Friendly, PDF & Email
Accessibility
X